21 setembro 2006

espreguiçadela

devagarinho vou tirando as teias dos cantos deste blogue, rearranjando a mobília, colando pelas paredes um ou outro postal novo e engraçado.

com tanta arrumadela, tive várias boas surpresas: descobri que não estou só neste acordar lento. há mais quem se espreguice pela blogosfera, quem vá ressuscitando. e ainda bem.

espreitem aí em baixo.

Diálogos urbanos

- Somos vizinhos, sabias?
- Por acaso, não.
- Estou farto de te ver pela janela. Uma vez até te vi vestido.

(de melancómico)















(de egotismo)

















(de objectos)

3 comentários:

Garfanho disse...

gostei de ter ido mas ainda ficado.
:)

purpurina disse...

eu preferia que tivesses ficado na lista que está um pouco mais acima.

pode ser que seja só um soninho, não?

qualquer dia descubro que te espreguiçaste devagarinho, sem um barulho, e novas palavras povoam a tua página.

se não, foi bom ter ido espreitando de vez em quando.

beijinho

Garfanho disse...

:)