03 maio 2011

sem importância

em semana cheia de coisas importantes para comentar e que obrigam à reflexão, o que me apetece dizer é isto: irrita-me gente que usa palavrões sem saber como se escrevem. fodasse, por exemplo, dá cabo de mim.

foda-se, gente)

6 comentários:

Ska disse...

Quando muito, "dass!

purpurina disse...

talvez... isso de dizer o palavrão sem dizer o palavrão mas dizendo o palavrão não me convence muito.

Ska disse...

oh. Eh como quem diz "carai" ou "catano" ou "caneco".

Crime. De lesa-majestade!

purpurina disse...

:)

eu admito com vergonha que uma das palavras que me saltam da boca sem pensar é caraças. é parvo, mas já é reflexo.

josé quintas disse...

e porque não karaças, carassas ou até caracas? foda-se talvez ainda sirva para ofender, mas fodasse ou fodace soam-me a maneiras de judiar com um palavrão que, usado com uma frequência nortenha, destina-se apenas a judiar com uma coisa qualquer. Why the fuck should we worry about it?

purpurina disse...

ui, acho que nunca vi essas variantes de caraças escritas...

o meu maior problema é que fodace e fodasse e afins não soam ao mesmo. lê-se de maneira diferente de foda-se e por isso, para mim, perde completamente o significado. mais do que a banalidade, é o soar mal que me mata o palavrão.